Curso para Transporte Aeromédico - SAMU e Resgate

Publicado por ATAC em: 02/02/2013
Área
Tipo de Anúncio Profissional Oferta
Descrição
Curso de Resgate e Transporte Aeromédico- CRTA. 23 a 27 de Abril 2014
110 horas (ultimos quatro dias em regime de internato)
Treinamento e aula pratica com vôo real para todos os alunos.
Belo Horizonte MG.
Objetivo:
Este curso tem por objetivo prover os profissionais de Atendimento Pré Hospitalar interessados na capacitação, treinamento e certificação, necessárias ao cumprimento dos requisitos do Ministério da Saúde para o exercício da atividade profissional em ambulâncias tipo E. (portaria 2048 GM 2002 e atualizações desta portaria até Julho 2012) Acadêmicos das respectivas áreas.
Numero de vagas:
25 vagas disponíveis no dia de lançamento deste edital.
Público Alvo:
Médicos, enfermeiros, Técnicos em enfermagem, Pilotos de aeronaves de asa fixa ou rotativa, Policiais Federais, Policiais Civis, Policiais Militares, Bombeiros Militares, Militares das Forças Armadas, membros de equipes operativas de atendimento do SAMU 192 e Defesa Civil. (Profissionais especificados pela portaria 2048 GM -
Cidade:
Belo Horizonte - MG.
Aeroporto comercial mais próximo: Aeroporto Internacional Tancredo Neves (Confins)
Carga horária::Total 110 horas
90 horas presenciais
20 horas em ensino a distancia (EAD).
Período de Matrícula:
De 10 de Dezembro de 2013 a 05 de Abril de 2014 (apenas enquanto houver vagas disponíveis)
INVESTIMENTO:
O Valor do investimento por aluno nesse curso é de R$2150,00 (Dois mil cento e cincoenta Reais). Para os alunos que fizerem inscrição até 31 de Dezembro de 2013. Após essa data o valor é de R$2350,00 (dois mil trezentos e cinqüenta Reais) enquanto houverem vagas.
Pré Requisitos e documentação para matrícula:
Pertencer ao público alvo especificado.
Ser Maior de 18 anos.
Estar em Dia com o serviço Militar.
Ter concluído o segundo grau ou equivalente, reconhecido pelo MEC.
Comprovante de pagamento das taxas de matrícula e inscrição.
Apresentar duas fotos 3X4 coloridas recentes, fundo azul ou branco
Estar em boa saúde física e mental compatível a atividade resgate e transporte aeromédico*
(* conforme edital oficial do curso)
Horário de aulas do curso:
Em Belo Horizonte:
Horário de Aulas centro da cidade Rua Curitiba nr 500 (sujeito a mudança):
Dia 23 de abril 2014:
De 08:30:00 as 12:00 horas e de 14:00 as 18:00 horas
OS HORÁRIOS DAS AULAS SEGUINTES SERÃO DIVULGADOS OPORTUNAMENTE, AOS ALUNOS MATRICULADOS NO CURSO.:
Durante o período de internato, não existe horário pré definido, o mesmo será apresentado ao aluno conforme a evolução do curso.
GRADE DE MATÉRIAS
As matérias e tópicos citados neste edital estão distribuídas em presenciais e a distância, algumas das matérias serão abordadas apenas no conteúdo online, que o aluno deve acompanhar atravez das apostilas enviadas via correio eletrônico.
Disciplina (Teoricas e/ou Práticas)
01 Abertura e Apresentação do Curso
02 Apresentação da Política Nacional de Atenção às Urgências e Emergências – Portaria 2048 de 05 de Novembro de 2002 e outras legislações pertinentes
03 Conceito e Definição de Transporte Aeromédico e de Resgate Aeromédico – semelhanças e diferenças
04 Regulamentação da Aviação Civil – Visão Geral
05 Terminologia Aeronáutica e comunicação em Aviação
06 Procedimentos Normais e de Emergência em Vôos em Aeronaves de Asa Fixa e Asa Rotativa
07 Apresentação Geral de Aeronaves
08 Gerenciamento de Risco de Acidentes Aeronáuticos e CCF
09 Segurança no Interior e em Torno da Aeronave de Asa Fixa e de Asa Rotativa
10 Evacuação de Emergência em Aeronaves de Asa Fixa e Aeronaves de Asas rotativas
11 Embarque e desembarque de Pacientes em Transporte Aeromédico e Resgate Aeromédico
12 Combate a Princípios de Incêndio em Aeronaves
13 Noções de Meteorologia, Cartografia e Navegação Aeronáutica
14 Cuidados de Saúde e condicionamento físico da Tripulação
Ruídos, Vibrações, Fadiga, Líquidos, Vapores, Gases Tóxicos e Riscos Ocupacionais em Aviação em Geral.
15 Atmosfera e Disbarismos, desorientações
16 Fisiologia Geral de Vôo, Fisiologia Respiratória e Estudo Clínico da Hipóxia.
17 Forças Acelerativas de Vôo e Seus Efeitos Sobre o Organismo Humano,
18 Visão em Aviação e Vôo Noturno
19 Ambiente de Cabine em Resgate Primário
20 Cuidados de Saúde com o Paciente /Vítima em Vôo
21 APH - Suporte Básico de Vida Clínico – SBV/BLS
Apenas Revisão Geral
22 APH – Suporte Básico de Vida no Trauma SBVT/BTLS
Apenas Revisão Geral
23 APH – Suporte Avançado de Vida Clínico* (Obrigatório para Médicos e Enfermeiros, opcional para os demais alunos)
Apenas Revisão Geral
24 APH – Suporte Avançado de Vida no Trauma* (Obrigatório para Médicos e Enfermeiros, opcional para os demais alunos)
Apenas Revisão Geral
25 Sobrevivência no mar, em Ambiente Lacustre ou Ribeirinho
26 Sobrevivência na selva e em local remoto
27 Resgate em Local Remoto e Local de Difícil Acesso
28 Cuidados com o Paciente / Vítima em Evacuação Demorada
29 Segurança no Interior e Em Torno da Aeronave de Asa Fixa e de Asa Rotativa
30 Evacuação de Emergência em Aeronaves de Asa Fixa e Aeronaves de Asas rotativas e Analise de Cenários de Risco.
31 Segurança no Interior e Em Torno da Aeronave de Asa Fixa e de Asa Rotativa
32 Embarque e desembarque de Pacientes em Transporte Aeromédico e Resgate Aeromédico
33 Combate a Princípios de Incêndio em Aeronaves
34 Sinalização e Posicionamento de Pessoal de Apoio Terrestre, em Operações de Pouso de Resgate em locais não homologados
35 Desembarque Rápido de Equipe de Resgate em Situações Adversas – Rapel, Flash Hope
36 Extração de Vitima em Águas Abertas – (Basquet, pulsar)
37 Extração de Vítima Por Cabo em Situações de Emergência
38 Sobrevivência na Selva/Mata e uso de meios de fortuna
39 Sobrevivência em Águas Abertas
40 APH Clínico e Trauma Básico e Avançado
Será disponibilizada uma pagina na rede social FACEBOOK, para interação dinâmica entre os alunos da turma e os instrutores e monitores do curso.
A ordem e nome das matérias podem não seguir a mesma ordem da grade acima, que serve apenas como referência de conteúdo, algumas matérias serão apenas teoricas, outras apenas práticas, as materias constantes na parte de ensino a distância contam como matéria dada, sendo que podem ser cobradas nas provas teóricas.O curso pode ter sua data alterada caso não atinja o numero mínimo de alunos por turma agendada.
No caso de mudança de data do curso, por iniciativa unilateral da ATAC, os alunos que não desejarem ou não puderem participar na data imediatamente marcada, poderão solicitar a devolução integral dos valores pagos.
Nos casos de desistência do aluno por qualquer motivo, salvo a mudança de data ou cancelamento do curso pela ATAC Treinamentos, não haverá em hipótese alguma, devolução da primeira parcela de R$600,00 (seiscentos Reais) que é referente ao pagamento da reserva de garantia da vaga.
Caso o aluno já tenha pagado valores alem da parcela mínima, sobre este valor pago a mais incidirá a retenção de 25%, referente a despesas administrativas.
Para devolução dos valores, o aluno devera enviar solicitação de restituição por escrito, via email ou correios (registrada) com pelo menos 30 dias uteis antes da data prevista para o início do curso, especificando uma conta bancária para depósito e também os dados do titular da conta como nome completo, telefone de contato, RG e CPF. Os valores serão depositados em até 60 dias uteis apos a data do ultimo dia de aula da turma para a qual o aluno estava inscrito..
Caso seja feita a solicitação via correios, a data de postagem impressa no envelope deverá ter de pelo menos 35 dias uteis de antecedência ao dia do início do curso.
NÃO HAVERÁ EM HIPÓTESE ALGUMA, DEVOLUÇÃO DE QUALQUER VALOR PAGO, PARA DESISTÊNCIAS COMUNICADAS PELO ALUNO, COM MENOS DE 25 DIAS UTEIS DE ANTECEDÊNCIA A DATA DE INÍCIO DO CURSO.
Ao fazer o pagamento da inscrição do aluno automaticamente concorda com todos os termos do edital e regulamentos do curso, bem como declara estar ciente dos riscos de acidentes e ferimentos inerentes a esse tipo de treinamento, entende também que assume integralmente a responsabilidade por qualquer acidente ou dano que vier sofrer, em virtude das atividades durante o curso e que a equipe da ATAC Treinamentos, é responsável apenas pela prestação de serviço pré hospitalar básico e avançado e encaminhamento do aluno ao atendimento de urgências e emergências do SUS, do município.
Fica estabelecido o foro de Belo Horizonte para dirimir quaisquer pendências jurídicas que porventura vierem a ocorrer.
Este edital é válido para a turma do Curso de Resgate e Transporte Aeromédico, 23 a 27 abril 2014
REFERÊNCIAS BIBLÍOGRÁFICAS:
Portaria nº 1863/GM 29 de setembro de 2003
Portaria nº 1864/GM 29 de Setembro de 2003
CFM - CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA - RESOLUÇÃO 1596/2000
MIR, Luís - Guerra Civil: estado e trauma. São Paulo: Geração Editorial, 2004. ISBN 978-85-7509-112-8.
ICA – 100 12 - 2009 MINISTÉRIO DA DEFESA – COMANDO DA AERÓNÁUTA.
REGULAMENTO DAS OPERAÇÕES AÉREAS DE SEGURANÇA PÚBLICA E/OU DE DEFESA CIVIL - DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO ESPAÇO AÉREO - DIVISÃO DE INFORMAÇÕES AERONÁUTICAS - Rio de Janeiro RJ. 08 JUN 2006
National Association of Emergency Medical Techniques Pre Hospital Trauma Life Support, Editora Elsevier, Mosby 7th ed. 2011
Manual Básico do Bombeiro Militar – CBMERJ – Volume I (Edição de referência em 2012)
Airborne Law Enforcement: The English Way. WEST J. Dosert, December/2004.
Guia de Aviação Policial e Defesa Civil - Aviação em Revista, Novembro de 2002.
Sobre o Terreno - Águias celebram seus vinte anos. Jornal Rotor - Helibrás. Dezembro de 2004.
Advisory Circular 00-1.1 - Governmental Aircraft Operations - Federal Aviation Administration. Disponível em www.faa.gov . Consultado em 02 de março de 2012.

CANAVÓ, J. F. e Melo O. E. Polícia Militar - Asas e Glórias de São Paulo. Imprensa Oficial do Estado de São Paulo. 2ª Edição. São Paulo, 1978.

CORREIA I. Manual de Policiamento Ostensivo Geral - MP1/PMDF. 1ª Edição. Brasília, 1991.

Police Air Operator Manual - Civil Aviation Authority - Civil Aviation Publications Cap 612, disponível em http://www.caa.co.uk. Consultado em 02 de março 2012.

Police Air Operator Manual - Civil Aviation Authority - Civil Aviation Publications Cap 613, disponível em http://www.caa.co.uk. Consultado em 02 de março de 2012
YAMASAKI R S., Wanderley F. N., Santiago F. O Emprego operacional do Helicóptero na PMDF (Trabalho Monográfico) CAO - PMDF. Brasília, 2002.

Contatar Tenha cuidado com os golpes.
Clique aqui para mais informações.


Sua mensagem foi enviada.

Receba um e-mail com alertas sempre que um novo anúncio de seu interesse for publicado no Vivanuncios :

Contatar


Sua mensagem foi enviada.

Receba um e-mail com alertas sempre que um novo anúncio de seu interesse for publicado no Vivanuncios :